Minha Tatuagem Inflamou e agora?
23 de março de 2016
Flash Day São Paulo – Mantra Tattoo
23 de outubro de 2016
Show all

PRAIA x TATUAGEM

O grande vilão dos tatuados, o sol, é o principal responsável no desbotamento precoce de uma tatuagem, ao expor o local tatuado diretamente ao sol. Não importa se você vai ao mercado ou passar as férias no litoral nordestino, o uso de protetor solar, seja nas áreas tatuada ou não deve ser imprescindível.

6f59267c6963685fb6f608f4c3a7ba50O uso do protetor solar ajuda a proteger sua pele do envelhecimento precoce causado pela exposição excessiva ao sol, além de proteger você dos Raios UVA e UVB, que podem com o tempo causar câncer de pele.

Porém durante o período de cicatrização é ainda mais perigoso o sol. A exposição direta a luz solar dificulta a reconstrução natural dos tecidos da pele, retardando a cicatrização e abrindo procedência para inflamações. Já falamos sobre cicatrização e inflamação de tatuagem aqui.

Porém mais perigoso que o Sol é a água do mar e das piscinas em geral, pesquisas diárias feitas nas praias paulistas mostra o quão poluída elas são. Muitas delas no limite do aceitável. Em dias pós chuva, por exemplo, a grande maioria das praias do litoral sul entra na lista de impróprias para banho.4967cde601c657b4cb838b7e40d82c0b

A tatuagem é praticamente uma feriada exposta. Do qual deve ser cuidada igualmente um machucado mais grave ou uma cirurgia. A água do mar tem concentração grande de Areia e Sal. O sal do mar fará um efeito parecido com as exposições solares. Além de arder bastante em alguns casos, dificulta a cicatrização e infecciona a ferida.

O acúmulo de areia (em geral, trazida pelo próprio vento) nas feridas, tatuagens e piercings recentes, infecciona o processo de cicatrização e pode ocasionar em problemas mais sérios. Para os casos do piercing, o ideal e que se coloque 6 meses antes das férias, pois é esse o período necessário de cicatrização. Tatuagens tem cicatrização em cerca de 20 a 30 dias. Outras feridas vai depender da orientação médica, do tamanho e grau de intensidade.

 

Fora todos esses fatores ainda têm o risco de contaminação cruzada, pois com uma ferida exposta a águas poluídas ou mal tratadas em caso de piscinas podem conter infinidades de bactérias e fungos causadores de micoses ou outras doenças que podem afetar diretamente sua saúde e é claro o resultado final daquela arte que você fez.

O mais aconselhável é aguardar o período de cicatrização e depois curtir o sol.

Ficou ainda com alguma dúvida? Fiquem a vontade de perguntar aqui em baixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *